ABIEC participa de Missão Empresarial à Ásia chefiada pelo Ministro Blairo Maggi

28 de setembro de 2016

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) organizaram uma missão inédita à Ásia para promover o agronegócio brasileiro. A missão foi chefiada pelo Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e ocorreu no âmbito da estratégia do governo de aumentar de 7 para 10 por cento a participação do País no comércio agrícola mundial.

O Ministro Blairo e sua delegação de cerca de 40 empresários e representantes de entidades setoriais foram a China, Coreia do Sul, Hong Kong, Tailândia, Myanmar, Vietnã, Malásia e Índia, em uma viagem que durou 25 dias. Também compuseram a delegação o Secretário de Relações Internacionais, Odilson Silva, o Secretário de Defesa Agropecuária, Luís Rangel, e o Presidente da EMBRAPA, Maurício Lopes. A missão foi marcada por seminários, rodadas de negócios e reuniões de governo e contou com grande participação dos empresários locais.

A ABIEC foi representada por sua Analista de Relações Internacionais, Thamires Quinhões, que seguiu com o grupo na maior parte da missão, a exceção da Índia, e ressaltou a qualidade da carne bovina brasileira e o potencial de comércio com os mercados acima.

Os principais argumentos destacados pelo Ministro Blairo foram a sustentabilidade da agricultura e pecuária do Brasil e a capacidade da produção brasileira de suprir as crescentes demandas do mercado global com regularidade.

A missão trouxe resultados positivos para o setor de carne bovina. Na Tailândia, houve avanços no processo de abertura do mercado. No Vietnã, foi anunciada a reabertura do mercado, com o retorno das habilitações de novas plantas e avanços na negociação do Certificado Sanitário.

O Ministro Blairo Maggi afirmou, em entrevista coletiva realizada em Brasília, que a expectativa é que sua missão à Ásia resulte em negócios da ordem de US$ 1,5 a 2 bilhões para o Brasil, considerando-se o acesso a novos mercados e a realização de investimentos externos no País.